Lógica da Mattel, Lojas França


Ontem estava conversando no Facebook com o Marcio, um colecionador que conheci há um tempo atrás. Falávamos que estes meses de Janeiro e Fevereiro eram terríveis para encontrar novas minis nas lojas e que elas ficavam praticamente com o que sobrou do natal. Ele disse que ia aproveitar para comprar as minis que deixou para depois, já que tinham bastante a venda, então resolvi fazer o mesmo. Tem 3 minis que fiquei para pegar comprar, mas acabei deixando para outra hora já que tinham bastante a venda, trata se do Golf, Nissan Titan e Drag Merc. Resolvi dar uma caminhada até o Shopping Total ver se encontrava as 3 minis juntas na Lojas França para levar. Enquanto procurava as minis, fiquei ouvindo involuntariamente a conversa de 3 funcionarias da loja falando mal dos clientes que la passavam. Cada uma delas contavam uma para a outra, debochando.
A partir daí realmente decidi prestar atenção na conversa porque afinal, eu sou um cliente também. Uma delas dizia que "uma velha" foi la atrás de um tal "tapetinho" de dança, provavelmente para presentear alguma criança, e também provavelmente não sabia nada a respeito do produto, talvez ouviu falar que esse era o desejo de presente da criança e resolveu ir atrás tentar a sorte. A funcionaria então disse o nome do tapete e a senhora não soube dizer se era exatamente aquilo, e todas elas ficaram comentando o quão burra era a cliente, pode isso?

Já uma outra dizia ter se irritado por uma outra cliente ter perguntado onde ficavam umas "bolinhas" a venda.
E a funcionária disse que estavam próxima a ela e perguntou rindo para as outras funcionarias: "Mas ela é cega ou idiota?"
Fiquei com tanto nojo daquela conversa que resolvi nem comprar mais nada la, deixei as coisas e fui embora pra casa.

O fato é que, quando se trabalha com o público tu deve ter o máximo de cuidado para evitar este tipo de coisas. Com certeza ninguém pode impedir este tipo de conversa entre funcionário, é algo humano. Porem, ficar gritando isso em tom de deboche dentro do local de trabalho com clientes ao redor, é algo completamente diferente.
Não espero nada de bom da Lojas França, mas o minimo que deveria existir era o respeito e bom senso do pessoal de la. Aposto que essa gente tem mãe e não são filha de chocadeiras, e que elas também pode passar por isso em outra loja e com certeza não séria algo nada agradável.
Eu já trabalhei em restaurante, como garçom e sei como as pessoas são chatas e gostam de complicar por coisas minimas, mas os comentários se guardam para o fim do expediente, quando estiver apenas entre funcionários e ninguém mais ao redor.

Bom, fica aí o meu desabafo como cliente, que mesmo não ter acontecido comigo, me senti totalmente afetado, já que também sou cliente e fico pensando: "O que sera que eles ficam falando de mim depois quando saio e deixo meu dinheiro la?"

2 comentários:

  Vinícius Schwabe

18 de janeiro de 2013 10:06

É um verdadeiro desrespeito com o cunsumidor, e pelo jeito eles falam de todas as pessoas que entram la, inclusive você, é lamentável...

  Kurt370

19 de janeiro de 2013 16:10

Pois é, uma loja lixo como aquela só pode ter funcionarios lixos. Se bem que os funcionarios é quem deixam a loja quase insuportável.