70 Dodge Charger R/T

 Já que a Mattel não vai mais mandar a série do Velozes e Furiosos para nós Brasileiros, o jeito é se contentar com o que acabou chegando.
Não sou fã do filme, mas acompanho a série desde o inicio, acho que o único filme que realmente gostei, foi o primeiro, depois disso virou palhaçada.
O ultimo que saiu acabei assistindo no cinema, o anterior que "se passa no Rio" assisti em casa, mas remei pra conseguir ver todo o filme.
O modelo é bacana, embora pudesse ter mais detalhes, é praticamente o Dodge Charger que saiu algum tempo atrás na linha mainline, mas na variação preta, sem grande esforço.
Eu tive idéia de fazer uma montagem, com a clássica cena final do primeiro filme. A minha ideia era ir até o Google Maps, tirar uma foto do local real atualmente, e adicionar as duas minis da Mattel nela, mas para minha infelicidade o Google passou por la em 2007 se não me engano, quando as câmeras dos carros deles não tinha uma boa resolução, deixando as imagens com baixa qualidade :(

7 comentários:

  Marcelo Araldi

9 de setembro de 2013 23:22

Ivan, sou fã da série mas critico ela demais... porém tem dois filmes da série que são muito bons: O primeiro que deu inicio a coisa toda e o desafio em tóquio que pra mim é o melhor de todos, principalmente pq TODAS as cenas são feitas com carros reais , sem uso de computação gráfica !!!! Esse charger da foto ficou muito bacana, pena não ter detaçhes né? eu tenho o mesmo de 2011 que vc se referiu... saiu nas cores vinho e verde limão(uarghhh)kkkk abrç

  guto

10 de setembro de 2013 09:09

Também não sou fã da série mas as minis dela ficaram muito legais. Uma pena que não consegui nenhuma que saiu na mainline aqui (Campinas). Os "colecionadores" sumiram com elas das lojas, e tão vendendo pelo dobro! Ai esquece...

--
Guto

  Bruno

10 de setembro de 2013 15:13

Taí uma miniatura que uma pintadinha na grade frontal e nos faróis traseiros deixariam ela quase perfeita, ao contrário de você, gosto não só do primeiro filme, mas do terceiro também devido a abordagem sobre o Drift, e gosto de carros dos outros filmes, mas em questão de roteiro, é uma bosta mesmo XD.

  Kurt370

10 de setembro de 2013 19:35

Marcelo, eu ia comentar que Tokyo Drift era o melhor depois do primeiro. Sobre todas as cenas terem sido criadas sem computação, eu duvido muito, um exemplo é a cena em que o GPS dele é programado com a rota da corrida, nessa parte reparei que foi usada computação gráfica. Não procurei sobre isso agora, é que eu achei uma cena da corrida tão falsa, que me ficou na cabeça uhasuhasuhasuhuhas acho que é a parte em que ele erra o caminho e puta la de cima para o caminho correto.

Guto, não todas ficaram legais, mas aquela série do Velozes e Furiosos que saiu na HW ficaram muito bonitos, eu estava contando com elas, mas né...
Ontem eu consegui o Charger Daytona que era o ultimo que me faltava.

Bruno, bah, se pintassem na traseira e dianteira seria uma nova mini, pessoal ia sair no tapa pra pegar uhauhsauhasuhas, mas como a Mattel é a Mattel, isso é apenas um pensamento de colecionador.

  Marcelo Araldi

10 de setembro de 2013 22:02

Ivan, tenho o blu ray dele, e tem todo making off... todo sem efeitos gráficos... todas as partes em que possui carros drifando ou correndo no meio da cidade, sem computação... acredite em mim... making off mostra tudo véi... muito show...

  Bruno

11 de setembro de 2013 14:43

Kurt, acho que você confundiu o filme 3 com o 4, é no 4 que aparece esse gps na corrida, o 3 é o que acontece em Tokyo com drift, mas acontece sim o uso de computação gráfica ao contrário do que o Marcelo disse, principalmente num cruzamento movimentado da cidade que aparece numa perseguição e no clímax do filme onde acontece uma corrida num precipício entre um Mustang e um 350Z.

  Kurt370

11 de setembro de 2013 22:21

Marcelo, conversamos sobre isso ontem no FB e te mostrei que existe sim computação grafica em algumas cenas, por minimas que seja :x

Bruno, pois é, eu acabei me confundindo entre os filmes, deve ser porque nao consigo mais me prender a eles, e parecem todos iguais.
Depois do 3 virou uma zona, o ultimo eu vi no cinema com minha namorada, mas me senti envergonhado em diversas cenas hiper forçadas oaskkoskoasoaskoask